Monthly Archives: agosto 2011

TUTTI FRUTTI

Depois da Mulher Melancia, da Mulher Melão, da Mulher Samambaia e da Mulher Moranguinho, uma boate (nome politicamente correto para puteiro) de Salvador anuncia como principal atração a Mulher Tutti Frutti.
Ela tem cara do Cão chupando manga, seios de jaca mole, barriga de banana amassada, língua de limão azedo. Ou seja, um tremendo abacaxi.

Anúncios

O PODEROSO CIFRÃO

Uma ação do Ministério Público afirma que o presidente do Senado, José Sarney, recebe acima do teto constitucional. Após um inquérito civil que sucedeu notícia segundo a qual Sarney recebia R$ 52 mil por mês, o procurador Francisco Guilherme Vollstedt Bastos disse à Justiça que o próprio senador “reconheceu” ganhar acima do teto do funcionalismo.
Segundo o Ministério Público, Sarney recebe duas aposentadorias, como ex-governador do Maranhão e como servidor do Tribunal de Justiça daquele estado, além do salário de senador em Brasília. Em 2009, o jornal Folha de S.Paulo mostrou que as duas aposentadorias de Sarney somavam R$ 35.560,98, em valores de 2007. Com o salário de senador da época – R$ 16.500 – ele ganharia R$ 52 mil. Como o salário de senador hoje é de R$ R$ 26.723,13, a remuneração de Sarney seria agora de pelo menos R$ 62.284,11, considerando-se os documentos noticiados pelo jornal e ignorando-se eventuais reajustes nas aposentadorias

A PODEROSA CHEFINHA

Pepsi à italiana, capice?

MANCHINHA MALUCA x BOLA ASSASSINA

Os espanhóis chamam fillme de terror de ‘película de miedo”. Esse é de arrepiar. É claro que nas cenas mais perigosas, a gata e a bola foram substituídas por dublês.

MANCHINHA

Eu tenho uma gata (e vice-versa) chamada Manchinha. Sou dono da casa, mas a última palavra é sempre dela. É miau e pronto. Ela fala pelos cotovelos, todos os quatro, se é que gato tem cotovelo. Mas como Manchinha tá ficando velhinha, ela repete sempre as mesmas histórias. Como no dia em que mergulhou na piscina pra pegar um filhote de sapo ou como saiu voando para pegar um morcego. Nunca disse pra ela que gatos não voam e têm medo d’água, pra não traumatizá-la ou ela achar que eu tô ficando maluco.

ÉTICA GLOBAL

Renato Maurício Prado, comentarista de futebol das organizações Globo, teve um ataque quando soube que Mano Menezes tinha convocado Ronaldinho Gaúcho pra Seleção. Mauricinho Prado deu um chilique por causa da convocação do Dentucho pro amistoso com Gana, às vésperas de Flamengo e Corinthians, achando que com issso ia prejudicar o time do seu coração. Tadinho do Mauricinho. Recebe para ser torcedor ou comentarista? E cadê o código de ética da Globo pra enquadrar esse comentador ou será torcedorista?

O PIZZAIOLO 2 – A AMBIÇÃO

O dublê de presidente do Inter e pizzaiolo, Giovani Luigi, demitiu Falcão e colocou em seu lugar o interino do interino. Agora contratou Dourival Júnior, que se diz fã de Falcão, como jogador e como técnico, depois de levar 4 a 0 do Inter quando dirigia o Atlético Mineiro. Nem tudo o que acaba em pizza sempre dá certo. O chef Luigi errou na mão, no pé e na cabeça, mais uma vez.

QUADRILHA ALIADA

No primeiro semestre do governo Dilma, três ministros (Agricultura, Turismo e Transportes, incluindo o substituto) foram denunciados por corrupção. Ou seja, um corrupto a cada dois meses. Se a média for mantida até o final do governo, vai faltar ministro e sobrar corrupto. Pensando bem, o que talvez não seja nenhuma novidade.

PIZZAIOLO DO INTER

Sou colorado desde criancinha. Em 40 anos nunca ouvi falar de Giovani Luigi, presidente do clube que tem nome de pizzaiolo – não daqueles que fazem pizza, mas que acabam em pizza – que prometeu contratar, em entrevista à Rádio Gaúcha, “um técnico experiente, vencedor”. E acabou colocando no lugar de Falcão um sei lá o que Loss, que em inglês significa perda ou perder. Tudo a ver. Sou mais o Giovani do Copacabana.

CANALHAS

“Os canalhas também envelhecem”.
Eu achava que essa frase fosse de Machado de Assis ou de Nelson Rodrigues, mas é de Rachel de Queiroz, escritora cearense (1910-2003). Não sei se estava se referindo aos seus colegas da Academia Brasileira de Letras ou aos homens públicos em geral.