Monthly Archives: abril 2011

PRESIDENTE OU PRESIDENTA

A presidenta foi estudanta?
Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um “BASTA” no assunto?
Miriam Rita Moro Mine – Universidade Federal do Paraná

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante… Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.
Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.
Portanto, à pessoa que preside é PRESIDENTE, e não “presidenta”, independentemente do sexo que tenha. Se diz capela ardente, e não capela “ardenta”; se diz estudante, e não “estudanta”; se diz adolescente, e não “adolescenta”; se diz paciente, e não “pacienta”.
Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
“A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta”.

Anúncios

JESUS A LA CARTE

Deus é mais! Acabo de ver na tv que existe um livro de receitas culinárias, “para mulheres vitoriosas”, escrito pela mulher do pastor Silas Malafaia. As comidas devem ser divinas, literalmente.

GAY DAS CAVERNAS

Deixa Bolsonaro saber disso, que ele acaba com a história e a pré-história. Deu no UOL: cientistas acham provável homem pré-histórico homossexual
Cientistas tchecos escavaram o que acreditam ser o esqueleto de um homem pré-histórico homossexual ou transexual que viveu entre 4.500 e 5.000 anos atrás.
A equipe de pesquisadores da Sociedade Arqueológica Tcheca constatou que os restos –retirados de um sítio arqueológico neolítico em Praga– indicam que o indivíduo, de sexo masculino, foi enterrado segundo ritos normalmente destinados às mulheres.
A arqueóloga Katerina Semradova disse à BBC Brasil que o enterro “atípico” indica que o indivíduo encontrado fazia parte do “terceiro sexo”, provavelmente homossexual ou transexual.

CARTAS ANÔNIMAS

Conheci a lenda antes de conhecer o próprio Vita, o Highlander de Santo Antonio de Jesus.
Não sei por que, mas vou morrer achando que ele seja de Contendas do Sincorá, uma antiga estação de trem, um pouco pra lá do fim do fundo do mundo que, depois de desativada, não passa nem fumaça por cima.
Sabia que ele tinha uma família bonita, que escrevia bem, mas que usava palavrão como vírgula, principalmente ao corrigir o texto dos outros.
Não sei o que ele diria, se passassem pelas mãos dele exemplos como esses:
– Ao contrário das estrelas, Elba Ramalho mostra que tem luz própria.
– Fulano morreu por questões elétricas (o nobre repórter queria dizer que um coitado tinha morrido eletrocutado).
Pois, como eu não ia dizendo, quando Paolo Marconi me deixou de herança pra Assessoria de Comunicação do Governo, achei que ia durar dois dias, no máximo.
Eu tinha pavio curto, Vita não tinha nenhum.
Mas, pra minha surpresa, tivemos uma boa convivência.
Assim como está sendo ler Cartas Anônimas, que ele acaba de lançar.
Como diz Millôr Fernandes, 90% dos livros não valem as árvores que derrubaram.
Com perdão da mãe natureza, o livro de Vita está entre os 10% que valeram o sacrifício.
Pois então, como dizem na Bahia, NÃO DEIXE DE NÃO LER!!!
Traduzindo para o português: leia que vale a pena.

CORTANEJO

A música brasileira já teve várias fases: o samba, as marchinhas, as músicas de fossa, a jovem guarda, a mpb, o quase-rokc’n-roll e agora o “sertanejo universitário”, ou seja, o formando em corno.