Monthly Archives: janeiro 2010

SINCERAMENTE

 
 
"Virgem, eu?!!! Com essa cara?!!!"
(Geisy Arruda, a gordinha da Unitaliban, em chat no UOL)

CRIME AMBIENTAL

A maior parte dos escritores não merece
as árvores cortadas por causa deles

A COR DO DINHEIRO

Tem gente que vive se queixando de que não vê a cor do dinheiro. 
Eu não. Já vi várias vezes. Mas ele estava sempre de saída.

POR KIRCHNER!!!

Presidente argentina recomenda carne
de porco para melhorar vida sexual

Cristina Kirchner afirma que "É mais gratificante
comer um porquinho do que tomar Viagra".
Aí é que a porca torce o rabo.
Pela cara do maridão, parece mais uma
indireta do que uma constatação.

MANCHETE SUBLIMINAR

 
 
APÓS CRISE DE HIPERTENSÃO
LULA DESCANSA EM PAZ

RETO NA RETA

   

 

O técnico Joel Santana  se deu mal na África do Sul tentando falar

ingrêis. Agora, com o Botafogo cheio de gringos, vai ter o reto de hablar

 portunhol.  É hierro en la muñeca! – como diria o papa que, segundo 

Millôr Fernandes,  é analfabeto em várias línguas.  

(Pra quem não sabe, reto significa desafio em espanhol).

BIG BROTHERS

 
Que BBB que nada! Os verdadeiros campeões de audiência
há décadas são os Irmãos Metralha (Beagle Boys, em inglês),
que aparecem todos  os dias nos telejornais metendo a mão no
seu bolso e a cada eleição você dá um mandato pra eles  invadirem
a sua casa e roubarem impunemente. E você ali, feito besta, só espiando.

OUTRA MÃE DESNATURADA

Segundo o jornal italiano La Repubblica,  Madonna dá uma mesada de 11 mil dólares (cerca de R$ 20 mil) para a filha Lourdes Maria, de 13 anos. Mesada é maneira de dizer, já que ela recebe esse valor por semana. Tadinha, desse jeito a menina vai acabar traumatizada. Afinal de contas, o que é

que dá pra fazer com 11 mil dólares hoje em dia?

“ERANÇA”

Em uma propaganda do governo, Ana Maria Braga

diz que não tem nada a mais para deixar pros filhos

além da educação. Que mãe desnaturada!

BOA IDÉIA

Caindo pelas tabelas, na quarta divisão do futebol brasileiro, o Santa Cruz de Recife enfim encontrou um adversário à altura, ou melhor, à fundura: o Vera Cruz, time do interior pernambucano, patrocinado pela caninha Pitu. Tem tudo pra se transformar em mais um clássico do futebol brasileiro, tipo Flaflu, Grenal, Bavi… Com tanta cruz em campo, vai virar Cruzcredo.

ELITSOLDAT

  
 
Tem sueco no funk. Pará pará papá pará, pá pode?

ESCRARNAVAL

Os donos dos blocos e do Carnaval de Salvador conseguiram que a Prefeitura desistisse de obrigá-los a dar calçados para os cordeiros (trabalhadores escravos que seguram as cordas para impedir que os tão pobres quanto eles invadam a área reservada aos ricos ou quase isso na avenida). E, se não tiverem calçados próprios, não podem trabalhar. Esses caras recebem R$ 26,00 de diária pra segurar a massa por mais de dez quilômetros. Se você multiplicar esse valor pelos cinco dias de carnaval, não dá pra pra pagar nem tênis made in Paraguai quanto mais um original, que não resiste a mais do que três dias nas ruas da Bahia.

QUESTÃO DE GOSTO

 

Caetano Veloso diz que prefere Psirico,

um grupo afrobaiano de pagodaxé ou coisa parecida,

a Beyoncé.  Aff!
E eu que achava que ele preferia goleiro do Bahia.
Ou seria do Vitória? Ou dos dois?
 Mas nesse mundo tem gosto pra tudo.
Até pra Paula Lavigne.

INTRIGA DA OPOSIÇÃO

Ao contrário do que foi noticiado, o presidente Lula não
disse que é capoeirista. Ele disse que tava "ca puera nas vista".

INFELIZES PARA SEMPRE

 

Vitória sem Bahia
Torcida sem alegria
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola
Time só de cartolas
Sou eu assim sem você

Por que é que tem de ser assim?
Se o meu sofrimento não tem fim
Eu perco a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder vaiar por mim

Leão sem focinho
Bahia sem anãozinho
Sou eu assim sem você
Circo só com palhaço
Virgem sem cabaço
Sou eu assim sem você

Tô louco pra te ver cair
Tô louco pra te pôr as mãos
Gozar com teu fracasso
Caindo aos pedaços
Juntos pra terceira divisão

Eu não existo longe de você
E o meu rival é o meu maior amigo
Eu conto os pontos pra poder te ver
Mas a calculadora tá de mal comigo
Por quê? Por quê?

Político sem mutreta
Inferno sem capeta
Sou eu assim sem você
Fonte Nova sem nada
Jogo sem marmelada
Sou eu assim sem você

Por que é que tem de ser assim?
Se o fundo do poço não tem fim
Eu despenco a todo instante
Nem mil grilos falantes
Vão poder se grilar por mim

Eu não existo longe de você
E a terceirona é o meu pior castigo
Eu chuto o balde pra poder te ver
Mas ate’ssa merda tá de mal comigo

FILHOS DA MÃE


No condomínio onde moro, colocaram cartazes com os dizeres "Cuidado com as nossas crianças". Depois de ver menores pilotando motos em alta velocidade e até um menino de sete, oito anos, dirigindo um carro sozinho, sob o olhar complacente da mãe,  entendi o motivo dos cartazes. Cuidado com as nossas crianças, elas podem matar você.

 

BANANA COM CHICLETE

O marqueteiro Nizan Guanaes caiu de pau na careca enrustida do líder do Chiclete com Banana, Bell Marques. Um se acha gênio, o outro se acha cantor. Eles que são baianos que se desentendam. E que se achem.

O QUE OS OLHOS VEEM O CORAÇÃO SENTE


Estudo da Universidade de Oxford, publicado no International Journal of Obesity, concluiu o que os brasileiros, com  estudo ou sem estudo, já sabiam há muito tempo:  ter o corpo em formato de pera – com mais gordura acumulada nos quadris, coxas e bunda – é benéfico para a saúde.

Os cientistas encontraram também evidências de que a gordura na região da barriga libera moléculas chamadas citocinas pró-inflamatórias, processo ligado ao diabetes e doenças cardíacas.

Já a gordura acumulada nas nádegas e quadris é de armazenamento a longo prazo, por isso libera menos ácidos graxos e hormônios mais benéficos como leptina e adiponectina, que combateriam tais doenças.

  

QUE POVO


O governador do Distrito Federal, sei lá o que Arruda, disse que já perdoou quem o chamou de careca, safado, ladrão e descarado. Esse povo, também… Safado, ladrão e descarado, tudo bem. Mas careca, o cara não tem culpa. Isso é genético. Ô, pessoal! Pega leve. Não dá pra sair acusando as pessoas por qualquer coisinha.

 

VOCAÇÃO

 
 
O presidente da Câmara do Distrito Federal, Leonardo Prudente,
flagrado pondo dinheiro de propina em tudo que é lugar, disse em
sua defesa  que quem o conhece sabe que ele costuma, há muito
tempo, esconder dinheiro nas meias. E que não vê nada demais.
Ou seja, é ladrão desde  criancinha. E não se fala mais nisso.

BANANAS

Enquanto isso na Bahia, os donos de blocos, que faturam milhões no Carnaval e sonegam impostos descaradamente, ameaçam (pra gringo ver) não desfilar por que a prefeitura de Salvador mandou que eles dessem protetor solar e água mineral pros cordeiros (que embora não sejam animais, são tratados como se fossem, já que seguram as cordas  em torno do bloco para os com-dinheiro pularem à vontade e impedir que os sem-grana, mais conhecidos como pipocas, invadam o espaço reservado pra elite tupiniquim e estrangeira). Um abadá, que não passa de uma camiseta com o nome  impresso do bloco, chega a custar quase R$ 2 mil. Multiplique isso por cinco, dez mil, e você descobre porque o Chiclete com Banana acaba de comprar um jatinho por quase R$ 20 milhões, pra transportar a salvo a careca do líder da banda, Bell, que se esconde há anos debaixo de uma bandana e da grana alta que fatura à custa dos quase brancos que lucram com o suor dos quase negros.

SUJOU, SUJOU

Boris Casoy, aquele que dizia querer passar o Brasil
 a limpo, se sujou com os garis e acabou no lixo.
 
(E a imprensa fica dizendo que foi gafe, mancada, deslize.
Uma porra! Só existe uma palavra pra isso: preconceito,
de uma categoria, a dos jornalistas, que se acha acima
de
qualquer suspeita, do bem e do mal, e que aposta
na impunidade. Como diz Millôr Fernandes: liberdade de
imprensa só tem uma – a do dono da imprensa.)

CASAL 20 ASSUSTAR

Tá certo, vamos fazer um acordo democrático.
Serra pra presidente e Dilma pra primeira-dama.

Da Bolívia!!! Da Bolívia!!!

DE LÍNGUA


O jornalista José Carlos Teixeira – que aprendeu a falar portunhol com o livro Muy Amigo e baianês com Nivaldo Lariú – aumentou sua poliglotice, lançando o Dicionário de Mwangolé, misto de português, brasileiro e línguas faladas em Angola. Isso numa época em que os portugueses muito mais do que os brasileiros rejeitam o tal acordo ortográfico que, segundo Millôr Fernandes, só serviu para encher os bolsos de dicionaristas como Antônio (em brasileiro) ou António (em português) Houaiss. Tem um portuga que criou um saite (ou sítio como eles escrevem), http://www.jrdias.com/jrd-acordo-nao.htm
, que até seria interessante se não fosse o mau humor típico do povo d’além mar. O problema é que eles se levam a sério demais, e nós de menos. 

ORDINÁRIOS, MARCHEM!

Eu não sabia que, na época da ditadura, vereadores de cidades com menos de 300 mil habitantes não tinham remuneração. Que Dilma, que Serra, que nada. Um milico pra presidente! Casernas já! E, por uma questão de justiça, que a medida seja extensiva às cidades com mais de 300 mil. 

COMO EU SOU BURRO(A)

Deu no UOL: Grazi Massafera escureceu os cabelos para interpretar vilã. Deixa ver se eu entendi: como loura burra ela teria dificuldades para decorar as falas de uma personagem morena? Ou na Globo os louros são os mocinhos e os morenos são os bandidos?

PERGUNTAR OFENDE

 
 
 
Boris Casoy pediu desculpas pela "fala preconceituosa" contra os garis que vazou no Jornal da Band. Se tivesse vazado algo como "Bicha velha, judia e deficiente", será que bastaria um pedido de desculpas pelo preconceito? Parece que não, tanto que mandaram tirar do YouTube o vídeo abaixo. Vídeo, vídeo meu, existe alguém mais preconceituoso do que eu?

ISSO É UMA VERGONHA!!!

´
É assim que Boris Casoy quer passar o Brasil a limpo,
jogando  os lixeiros na lata de lixo da história?

TROCA-TROCA E VICE-VERSA

O jornal inglês Financial Time prevê que a Seleção Brasileira vai ser campeã da Copa de 2010 e que Dilma Ruinssef vai ser  eleita presidente da República. Mau humor por mau humor, e se as previsões são inevitáveis, acho que seria menos pior para o Brasil se Dunga fosse eleito presidente e Dilma, com peruca ou sem peruca, fosse campeã mundial e, com o prestígio alcançado, substituísse Felipão no comando do time do Usbequistão.