NOVO PORTO

https://www.facebook.com/piratados7mares

PERGUNTINHA

 A senhora pretende se fantasiar de que no Dia das Bruxas?

RACISMO À ITALIANA

A RAI, estatal italiana de rádio e televisão, afastou um jornalista por racismo. Antes da partida entre Juventus e Napoli, Giampiero Amandola disse na tv que “Se reconhece os napolitanos pelo cheiro”.

GOVERNO x GOVERNO

Governo argentino desmente o governo argentino. Ministério do Trabalho diz que nos último nove anos foram criados 2,7 milhões de postos de trabalho no país, enquanto a presidente Cristina Kirchner afirma que foram “mais de 5 milhões”.

AGOURO

Fidel morreu mas passa bem, apesar da perda de memória.

EXAGER-AÇÃO

Que Matrix, Transformers, que nada! Esse filme sem identificação, aparentemente produzido em Bollywood (a Hollywood da Índia) tem as mais inacreditáveis cenas de ação de todos os tempos.

MESSIÂNICO

Faltando dois meses para o final da temporada européia, Messi está a quatro gols do recorde de Pelé, que marcou 75 em um só ano. Nesse sábado ele marcou três na vitória do Barcelona sobre o Deportivo de La Coruña, por 5 a 4. Foi a 23ª vez que o argentino fez três gols em um só jogo e por isso está sendo chamado de “O Rei del triplete”. (Assim mesmo, “O Rei” em português e não “El Rey”  em espanhol, em alusão ao Rei Pelé). Ainda bem que na Espanha ninguém pede musiquinha pro Fantástico.

QUEM VÊ CARA

Parece montagem, mas é verdade: setentão com corpo de garotão malhado e cara de Boris Casoy.

A RESPOSTA DE GAGA

A megastar Lady Gaga comprou uma briga via Twitter com a agora famosa banda sul-africana Die Antwoord, que significa “A Resposta” em africâner, língua falada pelos colonizadores brancos da África do Sul. No clipe de “Fatty Boom Boom”, uma Lady Gaga cover dá à luz um inseto no consultório de um dentista-ginecologista e ao sair é devorada por um leão. Graças à irritação da cantora, a banda conseguiu os seus 15 minutos de fama. Se quiser, veja o clipe antes que Die Antwoord acabe.

DE QUATRO

Do presidente do Grêmio, Paulo Odone, em entrevista à Rádio Guaíba, relatando a conversa que  teve com um jogador que está afastado do grupo e pediu uma nova chance na equipe: “Eu já falei com o Luxa e ele está disposto a te dar uma chance. Agora só depende de ti. Tun tens que agarrar com as quatro mãos, se tiveres”.

VIOLÃO

Paula Fernandes, um corpinho e um violão, não necessariamente nessa ordem, não importa o que ela cante ou o apito que ela toque.

CROISSANT

Duda Mendonça é uma peça publicitária. Só não disse que recheou o pão que o diabo amassou com queijo de leite de alce, considerado o mais caro do mundo, vendido por 1.500 dólares o quilo

FUTEBOL

O Brasil não é mais o país do futebol.  É  o país do futebol em crise.

E O TRABALHO, Ó!!!

Salário de vereadores varia de R$ 6 mil a R$ 15 mil nas capitais brasileiras. Além do salário, os vereadores contam com benefícios, como auxílio moradia ,”paletó”, combustível, passagens aéreas e telefone.

BECO SEM SAÍDA BRASIL

ESTADO

“Esse é o Estado que nós temos. O Estado que nos rouba, nos oprime, nos agride e nos ofende”. Do jornalista Ricardo Boechat, na BandNews FM, sobre a decisão do Senado  de repassar aos contribuintes o pagamento do Imposto de Renda atrasado dos senadores e a oficialização da semana de três dias pela Câmara dos Deputados.

CHEIRO

José Simão revela o que disse o gambá que foi pego no prédio do Senado, perto dos gabinetes de José Sarney e Fernando Collor: “Eu sou suplente! Eu sou suplente!”

NA MÃO

Emmanuelle morre e deixa milhares de onanistas órfãos ao redor do mundo, especialmente na Tailândia, onde o vício solitário se tornou uma prática coletiva que vem sendo reprimida pela polícia.

NOVO PORTO

https://www.facebook.com/piratados7mares

PARECE QUE FOI ONTEM

Planeta gêmeo da Terra gira tão rápido em torno do seu sol que o ano só dura três dias. Imagine sua infância durar apenas um mês, a adolescência e juventude passarem em dois. E em três meses  – credo! – você já seria um adulto . A única vantagem é que, a cada três dias, você comemoria seu aniversário, desde que os amigos bancassem a festa, é claro. E em pouco mais de seis meses você já teria trabalhado por uma vida inteira e poderia curtir a aposentadoria. E se for parar pra pensar, tudo passou tão rápido que parece que foi ontem. E foi ontem mesmo! Mas não perca muito tempo porque daqui a pouco os netinhos vão vir se despedir do vovô.

CORES DO RIO ANTIGO

Você já deve ter visto muitas imagens do Rio nas primeiras décadas do século 20. Mas alguma vez chegou a ver em cores? Pois esse pequeno documentário da Metro Goldwyn-Mayer mostra o que chama de “Cidade do Esplendor” em 1936. Ano em que Sérgio Buarque de Holanda, que viria a ser pai de Chico, publicou Raízes do Brasil, uma das mais importantes obras sobre a formação da sociedade do país e que cunhou a expressão “o brasileiro cordial”. O que naquele tempo devia ser verdade.

ALGO DE PODRE

Há algo de podre no reino de Sarney. Gambá é capturado depois de invadir o Senado, mas ambientalistas descartam que  ele pudesse ser o causador do mau cheiro e temem que animal possa ter sido contaminado.

QUE HONDA

Time do Japão que foi goleado pelo Brasil na Polônia, a la José Simão: Hiroshima, Mitsubishi, Suzuki, Honda e Kawasaki, Mijawa, Kagawa e Andawa, Sakê, Sushi e Sashimi. No banco, Toshiba, Mangá, Toshiro Mifune, Saionara e Arigatô. O meia ofensivo Temaki estava todo enrolado e acabou cortado. Já o meia depressivo Harakiri, ao saber que não ficaria nem no banco, se matou ingerindo um baiacu vivo. Técnico (em eletrônica), o ítalo-japonês Miojo Makaroni. Médico da equipe, o satânico Dr. No, um chinês que se disfarçou de japonês para escapar de James Bond, já que todos os japoneses têm a mesma cara, como se sabe, no?

DINOSSAURO

De Mário Chimanovitch, jornalista, desempregado há cinco anos: “Ser velho, nestes tempos estranhos, é ser um estorvo, ser inútil, um dinossauro improvável, movimentando-se num universo de frágeis louças. Eu sou um dinossauro e vivo trombando o grande rabo da minha longa história contra as prateleiras deste mundo asséptico. Acho que estou sobrando”.

PRESENTE DE GREGO

GRÉCIA – Berço da civilização, sepultura da sanidade.

ROUBOL

O mascote da Copa de 2014 já foi derrubado, esfaqueado e trucidado. O carro do chefe da segurança foi roubado. Se a Fifa tava pensando que ia lidar só com ladrão de colarinho branco, se enganou redondamente. Aqui é Brasil, mermão. Pelo andar da ladroagem, vai precisar de uma UPP em cada estádio do Mundial.

RODÍZIO

Tá certo que a carne é fraca, gauchada. Mas motel com churrasqueira já é demais, tchê!

PARA BAIXO E AVANTE!

Esse sim é que é um grande salto para a humanidade, não aqueles pulinhos que Armstrong deu na Lua

BECO SEM SAÍDA BRASIL

Dilma, Lula, Dirceu, que nada! Agora todo o mundo sabe quem é que manda nesse país.

GLOBOBAGEM

A Globo, vai saber por que motivo, corta as aberturas das séries estrangeiras, eliminando os nomes dos  protagonistas e os temas musicais. Mesmo que sejam clássicos como o de Hawaii 5-0, sucesso mundial nos anos 70, que tem o remake exibido nas madrugadas de terça. Imagine se alguém fizesse a mesma coisa com as quilométricas aberturas das novelas globais. Gabriela ia rodar a baiana e a miseravona Carminha ia fazer mais miséria do que já faz sem nenhum motivo aparente. (A propósito, o 5-0 da série é só porque o Hawaii foi o 50º estado a ser incorporado aos Estados Unidos.)

TROCADILHO

Assim carminha a desumanidade.

DIA DO PROFESSOR

Tem gente que só não matava aula desses dois.

DITADOR REELEITO

Oposição denuncia governo angolano por oferecer casas a jornalistas que participaram da campanha eleitoral de José Eduardo dos Santos Santos, o “Zedu”, há 33 anos no poder e que foi reeleito presidente pela enésima vez em setembro.

BARRIGA CHEIA

Michael Essien: em Gana que eu gosto.

ERA DO RÁDIO

Sou do tempo em que os locutores esportivos faziam escola. Waldir Amaral e Jorge Kury no Rio, Osmar Santos em São Paulo e Armindo Ranzolin em Porto Alegre. Hoje é uma mesmice em todo lugar e parece que os locutores não frequentaram escola nenhuma.

HOUVE UMA VEZ DOIS VERÕES

Da colunista Danuza Leão, na Folha de S. Paulo: “Todos os dias eram domingo, não se lia jornal, não havia telefone nem televisão, os dias eram todos de sol, e só se fazia rir e falar bobagem, assim por nada. E havia a cor do mar de Salvador, e o cheiro de Salvador, e o som de Salvador, e a hospitalidade da gente de Salvador, pobres e ricos. Nesse verão, um baiano me fez um oferecimento muito especial, que nunca esqueci; quando eu morresse estava convidada a ficar no mausoléu da sua família, tem mais gentil? “

JACK-O

Cidade de Providence (EUA) é iluminada por cinco mil lanternas esculpidas em abóboras, uma tradição americana no mês das bruxas.

MICOS

Sei que está “errado”, mas me recuso a escrever dia a dia com hífen. Assim como pé de cabra, que os letrados dizem que tem que escrever com hífen para não confundir com o pé do animal. Só um ladrão muito burro (ou então um gramático) para trocar uma coisa pela outra. Mas uma das maiores barbaridades da língua é transformar um bichinho tão pequeno em um palavrão: mico-leão-da-cara-dourada. Deve ser por isso que ele está ameaçado de extinção. Esse mico eu não pago, não compro, não vendo, não empresto e não dou.

MULHER MULTIMÍDIA

Dona de casa canadense relata na internet o dia a dia de “uma mulher, mãe, filha, irmã, amiga e blogueira, não necessariamente nessa ordem, e às vezes tudo ao mesmo tempo”.

BRILHO

George Hurrel, o fotógrafo que polia estrelas.